Produção de Conteúdo: Como Adequar o Seu Texto Para Web

Produção de conteúdo

A produção de conteúdo tornou-se a principal ferramenta de Marketing Digital para que negócios dos mais diversos portes e segmentos consolidem a sua autoridade.

Aqui na SEO Partner, é parte fundamental do nosso trabalho orientar os nossos parceiros durante esta jornada de produção de conteúdo.

Como costumo dizer: “O seu sucesso é o meu sucesso”.

Uma boa estratégia de Marketing de Conteúdo tem como foco as principais dúvidas e necessidades dos usuários, apresentando soluções de como o seu negócio pode ajudar os possíveis consumidores dos seus produtos e serviços.

Analiso muitos websites em minha jornada de trabalho e sempre observo como estes sites estão disponibilizando o seu conteúdo.

É muito comum identificar que a grande maioria dos sites para pequenos negócios ainda não sabem como disponibilizar o seu conteúdo de forma adequada.

Conteúdo e SEO (Search Engine Optimization) estão completamente interligados.

Seguir as boas práticas de SEO para desenvolver o seu texto vão tornar o seu conteúdo mais interessante não só para os mecanismos de busca, mas também para o seu usuário.

Mas como assim? SEO não é apenas uma técnica para tornar o conteúdo mais adequado aos mecanismos de busca?

Bem, na essência sim, mas também há algumas questões que envolvem uma melhor experiência para o usuário e consequentemente uma melhora das suas métricas de avaliação interna.

Recentemente, em publicação realizada pela Microsoft, foi mencionado que o SEO é o Skill mais importante de Marketing que você deveria aprender atualmente.

Pensando nisso, resolvi escrever este texto e disponibilizar as melhores práticas para você disponibilizar melhor o seu conteúdo aos seus usuários e mecanismos de busca.

Seu conteúdo precisa ter uma boa escaneabilidade

Mesmo após o seu conteúdo ser encontrado, não há garantias de que ele será lido.

Aquele momento de 3 ou 4 segundos em que o usuário está dando uma passada de olho no seu texto é crucial para a continuidade dele no seu site. As pessoas fazem isso, inclusive você.

Uma forma de contribuir para que os seus usuários não abandonem rapidamente o seu conteúdo é trabalhar a escaneabilidade do seu texto.

Proporcionar ao usuário uma boa primeira impressão do seu conteúdo é parte fundamental de uma boa estratégia.

Listei abaixo aquilo que considero importante para uma boa escaneabilidade do conteúdo:

  • Utilizar subtítulos em seu texto com o máximo de 70 caracteres
  • Compor o seu conteúdo com 250 palavras entre os blocos de Título e Subtítulos
  • Ter ao menos 2 subtítulos - H2 / H3
  • Utilizar negrito / Links nos termos importantes
  • Usar listas
  • Utilizar imagens e/ou vídeos ilustrativos

Se você conseguir reunir as características acima no seu conteúdo, você vai conseguir que mais usuários leiam o seu texto na íntegra.

Lembre-se, na grande maioria das vezes você escreve para mobile.

A participação dos dispositivos móveis no tráfego do seu website tende a ser cada vez maior para a grande maioria dos negócios on-line.

Observe a representatividade entre os dispositivos nas imagens abaixo. Estes são dados reais de alguns de nosso parceiros na área de Saúde e Esportes.

Por exemplo, acessos por celulares chegam a representar mais de 80% do tráfego dos sites que administro quando comparados desktops e tablets.

E dentro destas circunstâncias, compor o seu texto com parágrafos curtos tornam a leitura mais dinâmica e agradável para o seu usuário.

Também é importante lembrar que o tamanho da sua fonte deve estar adequado. Segundo a ABNT – Associação Brasileira de Normas Técnicas, o tamanho 13 é o mínimo aceitável para a web.

Aqui na Seo Partner utilizamos ao menos 16 para texto corrido

Estruturação Semântica de HTML

Se você nunca ouviu falar neste termo não se assuste.

O seu significado é simples, nada mais do que colocar as coisas em ordem, em uma sequência lógica.

Os textos do seu site são publicados em linguagem HTML e existem tags que informam o que são os títulos e subtítulos.

Esta é uma sequência adequada de títulos e subtítulos, chamados de “Headers” em HTML.

Estrutura semantica de headers html
Screenshot SEO Meta

Parece óbvio, o seu título deve ser nomeado como H1 e os subtítulos devem seguir a sequência H2 / H3…até H6.

É isto que chamamos de uma estrutura semântica correta.

Por mais simples e óbvio que seja, não é isto o que vemos na grande maioria dos conteúdos publicados na web.

Veja um exemplo prático.

Matéria publicada em um dos maiores portais de notícia do país, o portal Globo.com, na data de hoje – 16/06/2020.

Observe como fica a estrutura semântica para os Headers desta página:

memórias de um setentão - Globo.com
Foto reprodução globoesporte.com
Estrutura de Headers
Screenshot SEO Meta

Talvez este não seja um problema valorizado para um portal de notícias do tamanho da Globo.com.

Grande parte dos acessos de sites gigantes como o da Globo.com são provenientes do tráfego direto, aquele que você digita o endereço diretamente na barra do seu navegador.

Mas você não é a Globo, e a não utilização de uma estrutura semântica adequada vai lhe custar umas boas posições nas páginas de busca do Google.

Principalmente se levarmos em consideração que o seu Título “‘H1” e seus subtítulos “H2” e “H3” devem cumprir algumas regras para que o seu conteúdo tenha um melhor desempenho nos mecanismos de busca.

Como responsável de SEO em diversos projetos, oriento que os Headers tenham no máximo 70 caracteres e contenham as seguintes características:

  • H1 – Máximo de 70 Caracteres – Deve conter a palavra chave principal
  • H2 – Máximo de 70 Caracteres – Deve conter uma variação da palavra chave
  • H3 – Máximo de 70 Caracteres – Deve conter uma segunda variação da palavra chave

Esta estrutura tem me trazido bons resultados orgânicos, aqueles vindos do Google, nos projetos que gerencio.

Estruturar o seu conteúdo é a melhor forma de proporcionar uma boa experiência aos usuários do seu website.

Utilizar uma estruturação semântica correta vai ajudar muito os buscadores a encontrarem o seu site e disponibilizá-los aos usuários.

E lembre-se, você escreve para dois públicos: Os usuários e os mecanismos de busca.

Se precisar de uma ajuda com o seu conteúdo me chama, vai ser um prazer te ajudar.

Luiz Eduardo Bastos

Luiz Eduardo Bastos

Publicitário | Especialista em Soluções Digitais

Deixe uma resposta